Foto: Bauer Griffin

Primeiro, você precisa de uma permissão de aprendiz e, para consegui-la, é necessário passar por um teste escrito, que é diabólico. Assuntos como física e senso comum entram em carros, mas, no teste para lambretas, eles tentam mexer com sua cabeça. Havia uma questão que dizia: uma lambreta é: uma prancha com rodas? Um perigoso veículo motorizado? Um apelido para um dançarino de West Side Story? Ou um biscoito coberto com marshmallow? Todas elas estavam certas! Eu fiquei acordado praticamente a noite toda. Havia apenas três perguntas fáceis entre quarenta e cinco. Respondi cinco e depois tirei um cochilho. Fiquei exausto!

 

Tom Hanks
Ator, que completa 55 anos dia nove, sobre o teste que fez objetivando sua licença para andar de lambreta, por conta do papel de um estudante em seu novo filme, Larry Crowne.
Julho 2011




Logo de início, ao finalizarmos a leitura desse desabafo, concluímos que em Los Angeles parece não existir o tradicional "jeitinho brasileiro". Tom Hanks é um astro carismático, conhecido internacionalmente, de grande influência junto às pessoas e, mesmo assim, teve que se submeter ao teste para tirar sua licença para dirigir lambretas como se fosse um simples mortal. Mas ele é o Tom Hanks! Não poderiam ter facilitado as coisas para ele? Se fosse aqui no Brasil, provavelmente sim, como o fazem para a maioria das pessoas, mas nos Estados Unidos a coisa é diferente. Lá não tem essa de menor de idade poder matar e ficar impune, lá não tem essa da justiça mandar libertar bandido. Lá é um país sério e mesmo o Tom Hanks, se quiser ter licença para andar de lambreta, deve fazer todos os testes como qualquer pessoa faz. E olha que ainda pode ser reprovado. Comparando o Brasil com os Estados Unidos, nem é o caso da lei funcionar lá e não funcionar aqui, o caso é que as leis até funcionam aqui e lá, mas aqui existem leis que favorecem o crime e facilitam a vida dos bandidos, como essa da inimputabilidade do menor de idade, que pode matar dez mil pessoas se desejar e somente sofrerá "medidas sócio-educativas" no máximo até completar 21 anos. É a lei brasileira estimulando o crime. Já imaginou um exército de menores de idade assassinos, todos inimputáveis, andando pelas ruas e atirando em todo mundo? Ainda bem que eles ainda não tiveram essa idéia...

Voltando ao Tom Hanks, por que ele precisaria de uma licença para dirigir lambreta? O fato é que ele interpretará o papel de um estudante em seu novo filme e esse estudante anda de lambreta. Todo bom ator, para representar um personagem com veracidade, precisa submergir para dentro do mundo desse personagem, interagir com esse mundo, absorver todas as informações possíveis para que possa, durante sua atuação, não meramente representar o personagem, mas sim "ser" o personagem. O bom ator, durante sua atuação, deixa de ser ele mesmo e faz uma transmutação, transformando-se no personagem representado. E para que isso ocorra, é necessário que seu cérebro tenha o máximo de informações possíveis sobre esse personagem, desde suas características psicológicas mais profundas até a familiaridade com os locais que ele frequenta e pessoas com as quais se relaciona. Esse processo é chamado de "laboratório" pelos atores brasileiros. Tom Hanks queria ter sua licença para dirigir lambretas para assim poder se familiarizar com o veículo, dirigindo-o pelas ruas de Los Angeles, treinando e adquirindo confiança antes de entrar no set de filmagens. E conseguiu, mas a duras penas. Segundo ele, o período para tirá-la foi um dos mais estressantes de sua carreira. Diz ele ter sofrido muito durante o teste, definido por ele como sendo o que o mais deixou nervoso durante toda sua vida, fazendo-o até a cair no choro.

Fazendo um comentário baseado em estatísticas e em nossa realidade, a verdade é que noventa por cento das pessoas legalmente habilitadas para dirigir veículos automotores, sejam carros, lambretas ou o que for, não têm capacidade para tal. Podem saber ligar o veículo e colocá-lo em movimento, mas não têm habilidade para dirigí-lo em uma via pública, interagindo com outros veículos. Prova maior disso é o astronômico número de acidentes e mortes que diariamente ocorrem em nosso país. Se todos os condutores de veículos tivessem capacidade, habilidade e responsabilidade, o número de acidentes seria literalmente zero. Mas esses mesmos condutores, que não possuem capacidade, habilidade e nem responsabilidade, são legalmente habilitados para dirigirem seus carros e suas lambretas. Fizeram todos os testes necessários e foram aprovados. Como? Muito simples: a aprovação nesses testes não é vinculada à real situação de quem se submete ao teste, ou seja, no Brasil, a aprovação e a consequente liberação da licença para dirigir não depende da capacidade/habilidade do condutor, mas sim da assinatura de uma pessoa incumbida de fazer essa liberação. Tendo essa assinatura, tudo fica resolvido. E você acha que é difícil conseguir essa assinatura? Não se espante, isso é Brasil. O Brasil tem suas vantagens, tem suas qualidades, pode ser considerado um país maravilhoso mas, por outro lado, também tem seus defeitos, tem sua podridão.

Próximo desabafo Desabafo anterior

VISUALIZAR DESABAFOS DE OUTROS ANOS

www.desabafodromo.com.br